A revolução de Meiji

O capitalismo emergiu no Japão após o mesmo ter sido objeto da ação expansionista europeia nos séc XV e XVI,o que aconteceu foi que houve um processo de isolamento do pais, e esse isolamento contribuiu para a centralização política e a hierarquização da sociedade que se deu através de vários privilégios que foram dados ao segmento de kuge ( que era a como nobresa cortesã do Japão), e esses privilégios que foram dados a nobreza serviram para garantir o poder de Xogunato( que era o ‘’soberano’’ do Japão) e dos proprietários de terra.

No Japão as classes sociais eram ‘’dividas’’ em segmentos, o segmento de kuge que eram os privilegiados ( nobreza), os heimin que eram os não privilegiados e os eta que eram os trabalhadores. E grande parte das classes mais pobres trabalhavam na pesca e na construção de barcos.

O domínio politico de xogunato tokugawa se estendeu até a Revolução Meiji porém com muitos conflitos internos e externos. O que aconteceu foi que devido ao alto e constante aumento dos impostos gerou-se uma revolta entre os segmentos privilegiados, que agravaram a destruição das áreas agrícolas levando a miséria aos segmentos mais pobres. E esses conflitos constantes, acabaram revelando que o poder de xogunato já não era tão forte como antes, mas xogunato acabou ficando ainda mais fraco com o surgimento das lideranças regionais que disputavam privilégios e o controle do poder.

No sec XIX o confronto entre o poder central ( xogunato) e os poderes locais tomaram uma dimensão maior. Porque diante as restrições que o poder local possuía, eles criaram uma estratégia para aumentar a sua riqueza, eles eliminaram o isolamento japonês com o exterior, ou seja, abriram o Japão ao comércio ocidental( sem o consentimento do poder central).

Em 1853, xogunato já muito enfraquecido pelos conflitos internos, abriu definitivamente os portos japoneses ao comércio ocidental iniciando importantes modificações na economia e sociedade japonesa. E com a abertura do Japão ao comércio surgiu o tratado de kanagawa, e foram feitos acordos comerciais com a Inglaterra, frança e russia. Mas essas alterações comerciais geraram conflitos ainda maiores, que por fim causaram o fim do poder de xogunato e levou a criação do império que fica conhecida como a passagem ao Japão moderno;

A época da luz do imperador se inicia com Mutsu Mito, essa ‘’época da luz’’ ficou conhecida como a Revolução Meiji  que foi a reconstituição do regime político no Japão, a Revolução Meiji deu origem a um estado nacional centralizado, que era baseado na burocracia e no exercito.

O movimento da modernização possuiu três grandes momentos: o primeiro foi a superação das antigas estruturas fundiárias japonesas, pois alguns antigos segmentos estavam pressionados a reconhecer a autoridade do imperador, pois com a incorporação dos proprietários de terra era fácil pro império desenvolver um processo de reforma. E foi em 1871 que o imperador decretou a abolição do sistema feudal e os feudos deram lugar as províncias, logo em seguida foi decretada a igualdade jurídica de todos os povos, o ensino se tornou obrigatório, foram idealizados as instituições policiais, imprensa, correio, transporte e a constituição dos direitos japoneses além da fundação do banco Japonês.

Essas mudanças gerou uma revolta entre os samurais, pois o ‘’direito da espada’’ foi abolido, levando os samurais a luta, eles foram derrotados, esta luta entra marcando a transição de uma era pra outra, onde a nova era é voltada para a consolidação econômica, policia e social do estado japonês.

O segundo momento  marca a efetiva consolidação do poder interno, foram criados os parlamentos e estabeleceram as mudanças políticas, foram criados os parlamentos provinciais, as câmaras ( que eram integradas pelos nobres do segmento kuge), foi definido o primeiro ministro, foi criado o conselho secreto do estado ( cuja função era proteger o imperador e tinha controle sobre a sociedade japonesa), foi promulgada a constituição da nova era que trouxe a autonomia administrativa as cidades japonesas

E o terceiro momento foi aquele em que o Japão se lançou como potencia mundial e expansionista, além das reformas a revolução japonesa só se tornou possível devido ao grande crescimento populacional que provocou uma politica de expansão que garantiu a sobrevivência japonesa.

No período de 1875 a 1920 a politica japonesa se orientou para a consolidação industrial, para a formação do mercado interno e para o domínio de novas áreas(que foram ganhas em combate)  que consolidaram o Japão como potencia mundial.

Mas as consequências desse modelo capitalista, que alterou desde a política do país até as tradições mais antigas, só ficaram claras no sec XX na primeira e na segunda guerra mundial.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s